Por que ensinar tecnologia a crianças pequenas

Pais e Filhos - Escola
Preparem-se pais: chegou a hora do seu filho ir para a escola
24 de janeiro de 2019
Escola na infância
Por que a educação infantil é essencial para o seu filho
1 de março de 2019
Tecnologia

Crédito imagem: https://br.freepik.com/pressfoto

Já está acontecendo: por causa da tecnologia, o mundo do trabalho está em transformação. Podemos observar profissões tradicionais perdendo espaço para a automação e, ao mesmo tempo, novas ocupações estão surgindo para suprir demandas que ainda não existiam; um exemplo é a carreira de programador de computadores. Estudos preveem que, em alguns anos, 80% das profissões serão diferentes das atuais. Assim, como preparar os pequenos de hoje para encarar os desafios do futuro?

Torna-se um dever da escola ensinar os seus alunos sobre tecnologia, de forma que esta seja uma aliada em seu desenvolvimento. “Temos que instruir as crianças para esse novo ambiente, que ainda não faz parte do cotidiano da maioria dos adultos atuais, mas será essencial na vida das nossas crianças”, explica Márcio Ikemori, diretor da Escola Roberto Norio.

É por isso que, desde cedo, a Roberto Norio trabalha o contato de seus estudantes com dispositivos tecnológicos de forma consciente. “A criança não pode ter medo da tecnologia; ela deve saber usá-la de maneira responsável para que as ferramentas tragam apenas benefícios para o seu crescimento como estudante”, explica Márcio.

Uma das principais formas de educar os alunos nesse sentido são as aulas de robótica. Nelas os pequenos aprendem lições que extrapolam a elaboração de um protótipo. Ao ver na prática como um equipamento funciona, por exemplo, os estudantes são capazes de visualizar os mecanismos que compõem a máquina e entender sua lógica. “Durante os ensinamentos, eles estão se capacitando para serem cidadãos do século XXI”, explica.

A robótica exige criatividade na resolução de problemas, raciocínio lógico, desenvolvimento de estratégia e planejamento sério. Além disso, a criança que trabalha em equipe na construção de uma máquina precisa respeitar a função do colega. Há ainda a questão da frustração: nem sempre o resultado sai como o planejado – e tudo bem.

Pesquisadores já apontam que as melhores oportunidades em um futuro próximo serão daqueles que sabem fazer uso de ferramentas digitais e ampliam seus conhecimentos para fazer escolhas mais assertivas. Aproximar as crianças da tecnologia por meio de métodos didáticos estruturados é, então, investir no sucesso delas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *