Uso da tecnologia é essencial para o aprendizado dos alunos durante a quarentena

Como estimular nas crianças o hábito da leitura antes mesmo da alfabetização?
13 de abril de 2020
Como a escola pode ajudar a preparar o seu filho para o mundo?
24 de abril de 2020

Na Escola Roberto Norio, professores usam ferramentas digitais e aplicativos para enviar conteúdos, propor atividades e manter o contato com as crianças, mesmo a distância

Para garantir que os alunos continuem aprendendo mesmo em situação de isolamento social devido à pandemia do novo coronavírus, a Escola Roberto Norio tem utilizado diversas ferramentas digitais e aplicativos.

“Nesse momento, usar esses recursos é fundamental, pois são formas de transmitir conhecimentos e manter estudantes e professores em contato. Pois não basta que o aluno ligue o computador e receba conteúdos; é preciso interagir”, diz Ana Lucia Camargo Lima, coordenadora pedagógica da Escola Roberto Norio.

Entre os recursos que estão sendo usados há um aplicativo para comunicação com os pais, em que é possível enviar tanto informativos gerais como atividades e mensagens individuais. Pais e alunos podem responder esses comunicados por meio da plataforma.

Os professores também criaram grupos de Whatsapp com cada turma para mandar conteúdos, vídeos e esclarecer dúvidas. “Eles estão em contato diário com os alunos. E, para os pais, também é um canal importante de troca de informações e desabafo. Para todo mundo, essa situação está sendo um grande aprendizado e percebemos uma cooperação geral para que tudo dê certo”, conta a educadora. Ferramentas de videoconferência, como hangouts e zoom, também têm sido adotadas, de acordo com a disponibilidade das famílias e o que é combinado com o professor.

As lições feitas em livros e cadernos são corrigidas pelas professoras por meio de videoconferências e grupos de Whatsapp. Os alunos também enviam tarefas por e-mail e usam os formulários do Google que, em alguns casos, têm correção automática.

Segundo Ana Lúcia, para incentivar as crianças a manter a atenção nos estudos durante a quarentena, é preciso ter esse contato próximo e muita descontração e leveza.  “Também é importante propor coisas diferentes e projetos diversos para eles se manterem interessados e desafiados a buscar novos conhecimentos e informações.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *